Olinda

Oi minha gente!

Hoje vamos falar de um lugar pelo qual somos apaixonadas: Olinda!

São muitas igrejas, casinhas coloridas, ladeiras, bonecos de Olinda, lojas de artesanato, restaurantes… Esse centro histórico é cheio de cor, uma fofura! Vale a pena ir!

O que fazer? Coloque um sapato confortável e prepare-se pra andar bastante e sentir o clima da cidade.

Casinhas e paredes cheias de cor e charme

Ao chegar em Olinda, pegue a rua São Francisco e pare para conhecer o  Convento de São Francisco. Este é o convento franciscano mais antigo do Brasil, com sua construção iniciada em 1585. Cheio de azulejos portugueses, belo trabalho de talha em madeira no teto e com uma vista linda. Em 1831 foi instalada lá a primeira biblioteca pública de Pernambuco. A entrada é 3 reais por pessoa e funciona de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h30; sábado, das 9h às 12h e das 14h às 16h30.  Missas: terça-feira às 19h, sábado às 17h, e domingo às 8h. Tel: (81) 3429-0517.

IMG_9885

 

Saindo de lá, suba a ladeira e vire a esquerda. Você vai chegar no Alto da Sé. Lá fica a Catedral Alto da Sé, muito famosa e a mais antiga, construída em 1537. As outras igrejas de Olinda foram construídas voltadas pra ela. Com a invasão holandesa, a igreja pegou fogo e foi quase completamente destruída. Sua reconstrução foi feita descaracterizando totalmente sua arquitetura anterior, que tinha influência da renascença e barroco. Vá até o final dessa igreja e entre pela porta à direita. Lá tem uma parede de azulejos portugueses e uma vista linda da cidade. Aberta todos os dias de 9h às 17h.

IMG_2154.JPG

045

IMG_1651
Vista da Catedral com o Convento de São Francisco ao fundo
IMG_2144
Vista da Catedral com a Igreja do Carmo e a praia ao fundo

Ali pelo Alto da Sé tem várias lojinhas de artesanato e barraquinhas vendendo lembrancinhas. Bom lugar pra comprar toalhas de renda (negocie o preço, sempre cai), quadros coloridos e xilogravuras. De tarde tem várias barraquinhas de comida vendendo tapioca, cuscuz, macaxeira, água de coco… Delícia!

Caminhando pelo Alto da Sé, antes de descer a Ladeira da Misericórdia, tem a Igreja da Misericórdia. Bem linda, construída em 1540. Abre rapidinho todos os dias, das 11h45 às 12h30 e das 18h às 18h30. Tel: (81) 3494.9100.

Descendo a Ladeira da Misericórdia você chega nos Quatro Cantos (cruzamento entre as 4 ruas: Amparo, Prudente de Morais, Bernardo Vieira de Melo e Ladeira da Misericórdia). Vale a pena caminhar por essas ruas, pois elas reúnem os casarios mais típicos de Olinda. Na rua Prudente de Moraes, tem a loja de artesanato Sobrado 7 que vende as peças dos artesãos nordestinos como: Manuel Eudócio, J.Borges, etc. Também nessa rua fica a loja Estação Quatro Cantos. Ao final dessa loja tem um café com vários drinks de café deliciosos! Servem outras coisas também, como sucos, sanduíches. Mas o melhor de lá pra mim é o capuccino caseiro especial, sou viciada!

IMG_2377
A loja de artesanato Sobrado 7

Me deliciando com o capuccino do café Estação Quatro Cantos

Depois de passear pelas ruas Prudente de Morais e do Amparo, suba a rua Bernardo Vieira de Melo e conheça o Mercado da Ribeira, construído no final do século XVII. Lá tem mais lojinhas de artesanato e uma exposição dos Bonecos de Olinda. Aberto diariamente de 8h às 20h. Não precisa pagar pra entrar, mas vale deixar um trocado na caixinha pra dar aquela ajuda.

Mercado da Ribeira

Seguindo em frente, você vai chegar no Mosteiro de São Bento de 1586. Está aberto todos os dias das 9h às 11h45 e das 14h às 17h. Missas: todos os dias às 6h30, e no domingo os monges fazem o canto gregoriano (lindo) às 10h. Tel: (81) 3429. 3288

Mosteiro de São Bento

Voltando um pouco pelo mesmo caminho, pegue a rua 27 de Janeiro e vá até a Igreja Nossa Senhora do Carmo, fundada em 1588. Visitação de terça a sábado, das 9h às 17h. Tel: (81) 3494.7573.

IMG_9088022

Um evento muito legal que acontece em Olinda todo ano é o Festival MIMO. É um festival de música e cinema que acontece na cidade, gratuito! São shows, exibições de filmes, saraus de poesia, fóruns de idéias e workshops relacionados durante todo final de semana. Alguns concertos de música acontecem dentro das igrejas e conventos. É lindo, vale a pena ir! Em 2016 o festival aconteceu na terceira semana de novembro. Para informações sobre o festival envie email para marketing@mimofestival.com.

Mimo Festival rolando no Convento de São Francisco

Dicas de restaurantes:

Oficina do Sabor: Meu favorito! O prato que mais peço é o Camarão no Jerimum com molho de coco. Também gosto muito da Moqueca da Oficina. Esses são pratos pra dividir por dois e custam em torno de 130 reais. De entrada tem o mix do chef que tem um pouquinho de várias entradas do cardápio, vale a pena pra provar cada uma. A caipifruta de mix de frutas é boa demais!!! Site oficial aqui.

Beijupirá: Sempre peço o prato Camarão dos Carneiros, muito bom! Pratos individuais em torno de 80 reais. Clique aqui pra conferir o site do restaurante.

Casa de Noca: Tem a macaxeira com carne de sol mais famosa da cidade! O restaurante é muito simples, mas a comida é muito boa! Só serve um prato típico daqui: carne de sol, macaxeira cozida e queijo coalho. A faixa de entrada do restaurante diz “melhor macaxeira do mundo” e eu concordo! R$60 um prato pra duas pessoas. Clique pra ver o site.

Acho que seguindo esse roteirinho e comendo em um desses restaurantes você vai sair de Olinda encantado(a)!

Dicas de hospedagem: Nunca me hospedei em Olinda, sempre vou e volto de Recife (são uns 20 minutos de carro). Mas conheci a  Pousada do Amparo e os amigos que ficaram lá gostaram muito. Já entrei pra conhecer também a Pousada dos Quatro Cantos e achei uma graça, e sempre passo em frente ao Hotel 7 Colinas e acho lindo. Mas se estiver em busca de algo mais barato, tem o Albergue de Olinda e o Hostel Canto dos Artistas como opções.

Outras dicas:

  • Use sapatos confortáveis e roupas frescas, pois o melhor jeito de conhecer Olinda é caminhando bastante.
  • Em um dia é possível fazer os pontos turísticos desse post. Mas eu ficaria um final de semana pra conhecer com calma e curtir o lugar!
  • Olinda e Recife são cidades irmãs, a apenas 20 minutos de distancia uma da outra. Então se tiver tempo, vale conhecer Recife também (veja o nosso post sobre as principais praias e lagoas de Recife clicando aqui e sobre a vida cultural da cidade aqui).
  • Gosta de carnaval? O de Olinda é um dos mais tradicionais do Brasil e cheio de identidade própria. É uma festa linda de verdade! Aqui tem um post sobre o Carnaval de Olinda e Recife.

É isso pessoal!

Espero que tenham gostado e se animado pra conhecer essa cidade super colorida e charmosa!

Beijoca,

Pri


Um comentário sobre “Olinda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s