Mercados de Natal na Europa

Oiiiii gente!

Quem aí é apaixonado pelo espírito de Natal? Apaixonado nas decorações natalinas, nas luzes que enfeitam a cidade, pelas músicas, pelas comidas típicas do final do ano, pelas tradições e etc? Se sim, você precisa vir pra Europa no mês de dezembro!!! Muitas cidades europeias enfeitam todas as suas ruas com luzes de Natal e organizam diversos eventos durante essa época, sem contar que elas montam os mais lindos mercados de Natal.

Você pode encontrar de tudo nesses mercadinhos, desde produtores locais de alimentos típicos, lojinhas diversas até rodas gigantes, patinação no gelo e apresentações musicais. O espírito natalino toma conta da cidade e dificilmente você não vai ficar encantado.

Diversas cidades de diversos países levam os Mercados de Natal muito a sério, tais como: Zagreb (Croácia), Colmar (França), Vienna (Áustria), Budapest (Hungria), Strasbourg (França), Montbeliard (França), Aachen (Alemanha), Basel (Suíça), Bruxelas (Bélgica), Praga (República Tcheca), Manchester (Inglaterra), Colônia (Alemanha), Dresden (Alemanha) já ganharam prêmios e reconhecimentos pelos seus “Christmas Markets”.

No meu primeiro Natal por aqui consegui conhecer 4 (quatro) mercados de natal:

  •  Bruxelas (Bélgica)
  • Colônia (Alemanha)
  • Gent (Bélgica)
  • Strasbourg (França)

E vou mostrar um pouquinho aqui para vocês.

1- Bruxelas

Pude ver de pertinho toda a construção e trabalho que dá para montar um mercado de natal com direito a árvore de Natal gigante, jogo de luzes na Grand Place, casinhas de madeira, roda gigante, patinação de gelo e etc.

A construção é praticamente da noite pro dia porque em torno de 7 dias todo o mercado já estava pronto. É impressionante! Desde à avenida principal Anspach até ao bairro Saint-Catherine atrações tanto para turistas quanto para os locais ficam espalhadas em todo cantinho. Sem contar no mercado de natal indoor em Ixelles e outras atrações em bairros mais afastados do city center em Etterbeek, por exemplo.

No ano de 2017 o mercado de Bruxelas começou dia 25 de novembro e terminou dia 31 de dezembro, deixando o gostinho de quero mais.

O que eu mais gostei no mercado de Bruxelas é a variedade de comida que você consegue ter. Tinha barraquinha com comidas típicas do Japão, da Itália, da Suécia, da Alemanha e até barraquinha do Brasil vendendo coxinha! De todos os mercados que visitei esse ano com certeza o de Bruxelas foi o que me deu mais opções no quesito comida.

E de noite então? Com tudo iluminado? É MUITO lindo!

Além de muitas barraquinhas de chocolate e artefatos de produções locais, você pode beber de tudo! A Leffe, por exemplo, construiu uma mini-cervejaria na praça de Saint-Catherine que foi um sucesso. Eu e Matheus sempre pedíamos a mini-degustação, que dava direito a escolher 3 cervejas, por 5 euros. Tinha a opção de levar os copos para casa, pagando 5 euros a mais.

Mas quer saber mesmo qual é o diferencial do Christmas Market de Bruxelas? É a animação de luzes que acontece na Grand Place ao som de diversas músicas natalinas. Juro que a sensação é de estar em algum espetáculo da Disney! É de arrepiar! Os shows começavam todo dia a partir das 19 horas da noite e acontecia a cada 30 min. O jogo de luz acontece na praça inteira, junto com a árvore de natal, então não importa aonde você estiver localizado na Grand Place, você vai ser tocado pelo espetáculo. Não canso de dizer que é lindo demais demais demais!!!

2- Colônia

A história diz que a Alemanha foi o primeiro país a construir um mercado de Natal no ano de 1310, mas há quem argumente dizendo que foi a Áustria. De qualquer jeito, a Alemanha começou com essa tradição faz muuuito tempo atrás e mantém até hoje mercados lindos de morrer!

Em questão de decoração, posso dizer que Colônia deu um show. Todas as barraquinhas de madeira possuem um design super fofo e mais bonito do que qualquer outro mercado que eu visitei no ano de 2017. Juro.

E como sou fã de comida alemã (salada de batata, linguiça, joelho de porco e etc), provei de tudo e não me arrependi – tudo estava muito delicioso. Diferentemente do mercado de Bruxelas, que é mais internacional, as barraquinhas de comida eram mais voltadas para a cozinha alemã.

Os mercados de natal estão todos espalhados pela cidade, e no ano de 2017 foram 8 (oito) no total: Angel’s Christmas Market, situado na rua do shopping ao céu aberto; Old Market Christmas, em frente à prefeitura são alguns dos mais conhecidos mas o principal e o mais bonito é o Cathedral Christmas Market, situado na praça onde a Catedral de Colônia se encontra.

Fato interessante sobre a Catedral: Ao fim da Segunda Guerra Mundial a cidade toda foi destruída e apesar de ter sido alvo de 14 bombas a catedral continuou em pé, no meio de ruínas. A igreja gótica teve sua construção iniciada em 1248 e só foi considerada acabada em 1880, sendo a terceira igreja mais alta do mundo e um ícone de esperança em Colônia.

IMG_6050

Na verdade vale muito a pena conhecer essa cidade seja na época do Natal ou não. Mas é claro que durante o mês de dezembro a atmosfera é outra =D

3- Gent

Outro mercado de natal que acabamos visitando foi o de Gent, uma das minhas cidades preferidas na Bélgica. Se a cidade em si já é um charme sem a decoração e iluminação de Natal, imagina com!

Gent é, sem dúvidas, uma cidade imperdível. É a cidade flamenca que mais reúne prédios antigos  na Bélgica e seu centro histórico é fora do normal com o toque especial da Catedral Saint Bavo (Sint Baafskathedraal, em flemish). E é normalmente perto dela em que você encontra o centro do mercado de natal.

Além da famosa roda gigante, patinação no gelo, barraquinhas com comidas variadas (você pode escolher um hamburger, paella, pão com linguiça, massa…) você ainda pode estender a noite e acabar dançando até de madrugada no bar ao lado da pista de gelo. Por volta das 22 horas o bar acaba mudando de atmosfera e a pista da dança bomba. O que eu achei mais legal foram as pessoas vestidas “a la Noel” com chapéus e roupas natalinas. Muito legal ver todo mundo na mesma vibe!

IMG_1611

O centro da cidade todo é tomado pelo mercado de natal com mais de 140 barraquinhas e a cidade, que já é conhecida como a mais bonita da Bélgica (pois é, mais ainda do que Bruges), ficou mais linda ainda toda iluminada.

4- Strasbourg

Tcharãn! Deixei Strasbourg por último para fechar com chave de ouro esse post. Sendo 100% sincera com vocês: de todas as cidades que visitamos essa é a cidade que mais leva a sério o mercado de Natal. É impressionante! Nao é a toa que Strasbourg é considerada a Capital do Natal.

Primeiro de tudo que Strasbourg é uma cidade linda por si só. Cheia de canais e prédios tipicamente franceses, a cidade é um charme e te dá aquela sensação de voltar no tempo e estar dentro do filme a Bela e a Fera! (que você sabia é um conto de fadas originalmente francês? pois é! A história foi escrita por volta de 1740 pela francesa Gabrielle-Suzanne). Principalmente no distrito chamado “Petit France”, com seus edifícios de madeira em preto e branco.

 

Agora, a história de como o Christmas Market de Strasbourg virou um dos mais famosos (se não O mais famoso), começa em 1570, sendo nada mais nada menos o primeiro mercado de natal francês. Na verdade o mesmo já existia até antes, no século XII, mas só ganhou esse nome de Mercado de Natal após a região de Alsace se converter ao Protestantismo.

Mas o porquê dessa cidade ser única no Natal é explicado pelos detalhes das decorações espalhado por todo canto. Tem prédio todo enfeitado por ursinhos de pelúcia, outro coberto de luzes por inteiro, outro cheio de papai Noel, e etc.

Similarmente com as outras cidades, o principal mercado de Natal é situado na praça da Catedral, chamada também de Notre-Dame de Strasbourg. Construida em 1176, a catedral gótica foi finalizada em 1439, sendo hoje a quarta maior igreja do mundo (perdendo inclusive para a de Colônia que falamos lá em cima) e é um dos principais pontos turísticos por conta do seu relógio astronômico e por sua grande importância na história da Arte.

Toda cheia de detalhe, fica até difícil andar na cidade sem parar a cada segundo para admirar cada cantinho. Para fugir um pouco do frio fizemos um pit-stop para recarregar nossas energias na cafeteria Brioche Doreé, na esquina da Place Kléber, onde estava localizada a árvore de Natal da cidade. Super recomendo! Lugar muito agradável, preços bons e tanto as bebidas quentes quanto os famosos croissants estavam maravilhosos. Sem contar que a vista é linda, né?

Durante o dia todo aproveitamos para tomar muito vinho quente, chamado de Vin Chaud (francês) ou Gluwein (alemão), e provar as mais típicas comidas locais: Tarte Flamblé na Baguette (Torta de queijo no pão), Crépes (com nutella, chocolate, etc), créme brullé e etc. Afinal, são 11 mercadinhos espalhados por toda a cidade – comida é o que não vai faltar durante o dia!

E quando a cidade escurece então… Sai de baixo! A cidade fica literalmente um encanto.

Por fim, como eu e Mat visitamos a cidade no dia 24 de dezembro, somente alguns restaurantes ficam abertos para o jantar, já que muitos fecham a programação normal entre 17/18 horas (inclusive os Mercados de Natal!!!). Tivemos que ir até ao Centro de Turismo de Strasbourg – ao lado da Catedral- e pegar uma lista com telefone para reserva dos restaurantes disponíveis. Com muita sorte conseguimos comer no restaurante Sint Martin, localizado na Petit France, na beira do canal (foto dele abaixo). E apesar de ser muito bem localizado e com um Menu bem diversificado, o restaurante é simples, bem antigo e não é renovado, o que pode ser um incômodo para quem gosta de restaurantes chiques. Mas para nós que estávamos no clima medieval, adoramos!

IMG_6349

Sem dúvidas o Natal de 2017 foi inesquecível! Com tantos mercados de Natal maravilhosos, não vejo a hora de conhecer mais nesse ano de 2018.

Mas e aí, qual dos mercadinhos vocês gostaram mais?

Beijinhos beijinhos,

Paulinha


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s