Côte d’Azur – Riviera Francesa – Parte 1

Durante o mês de Maio, a Riviera Francesa é palco de dois eventos muito especiais: Cannes Festival de Filmes e Grande Prêmio de Monaco. Além de ser um mês com uma temperatura muito amena (em torno de 18 graus), quando o sol aparece o calor vem junto. De qualquer jeito, as cidades do sul da Franca são encantadoras nesse clima de primavera-verão.

Infelizmente nosso tempo estava curto e tivemos que fazer um roteiro express para tentar aproveitar o máximo possível. Segue o roteiro que fizemos que eu ainda dou umas dicas do que eu não fiz mas certamente farei na próxima vez que vir para esse cantinho (e que se voce tiver tempo, adicione no seu roteiro!).

Agora na Parte 1 vamos falar de Marseille, Cassis e St Tropez. Na parte 2 vamos falar de Cannes, Monaco e Nice 🙂

Roteiro

Dia 1 – Marseille

Dia 2 – Dia em Cassis, tarde/noite Marseille

Dia 3 – St Tropez

Dia 4 – Dia em Cannes, tarde/noite Nice

Dia 5 – Dia em Monaco, tarde/noite Nice

Dia 6 – Nice

Todo mundo diz que o melhor a ser feito em questão de deslocamento é se situar em uma cidade e fazer bate-volta de ônibus ou trem nas cidades vizinhas (muitas delas são pertinho umas das outras). No nosso caso alugamos um carro mesmo e ficamos na missão de achar um parking em todas as cidades que visitávamos. Confesso que eu esperava ser pior, mas todas as cidades tem muitas opcões para estacionar seu carro, e gastamos em média 20 euros por dia em cada estacionamento.

Dormimos 2 noites em Marseille e 3 noites em Nice e super recomendo se fixar em uma cidade. Não precisamos nos preocupar com mala, nem check-in check-out. Tanto de Marseille quanto de Nice, conseguimos fazer vários bate-e-volta interessantes.

1 – Marseille

Quando disse para meus amigos que estava indo para Marseille muitos disseram que não tinha muito o que ver, que a cidade não era muito acolhedora e para eu não perder muito tempo por lá. Pois bem. Fizemos um passeio vapt-vupt pelo centrinho só para ter uma ideia da cidade e por ter sido a nossa primeira parada, até que Marseille surpreendeu.

Na maioria das vezes é assim né? Quando botamos nossas expectativas lá embaixo, nos surpreendemos e quando botamos lá em cima as vezes nos decepcionamos. 😉

Porto Antigo de Marseille

Muito fofo! Lá por perto fica o Museu das civilizações européias e mediterrâneas – muito interessante com uma arquitetura super moderna.

Igreja Cathédrale de la Major

Também caminhando pela orla você encontra a Catedral de La Mayor, católica romana, construída inicialmente no século XII como uma simples igreja, que em 1850 foi reconstruída e aumentada. Hoje a catedral chega aos seus 70 metros de altura com capacidade para 3000 pessoas sentadas. É uma das maiores catedrais da França.

Lindíssima e com uma vista maravilhosa!

P.S: Marseille é também conhecida por sua basílica chamada Notre-Dame de la Garde, que tem uma das melhores vistas da cidade. Se tiver como introduzir essa no seu roteiro, eu acho que também vale a pena!!

Restaurante Petit Nice

Já que estamos em um dos países com uma fama gastronômica impecável, vamos abusar né? Um dos melhores restaurantes da cidade, com uma das melhores vistas, ta aí: Restaurante Petit Nice. Acredito que seja necessário fazer reserva com antecedência e preparar pelo menos 5 horas para o seu jantar.

Resolvemos fazer o menu degustação (com 9 pratos) e foi simplesmente maravilhoso! Chegamos por volta das 19:30 e saimos 00:30 do restaurante. Uma experiência gastronômica inesquecível! Super recomendo.

2 – Cassis

Segundo dia de viagem, resolvemos conhecer a cidade Cassis que fica em torno de 25 minutos de carro de Marseille. Diferente de Marseille, Cassis é uma cidade pequetita e muito agradável.  Cassis e Marseille são muito conhecidas pelo seus passeios pelos Calanques e suas águas cristalinas. Sempre quis conhecer Cassis por causa disso!

Passeio 3 Calanques

Chegando ao porto de Cassis você vê muitas excursões de barcos indo a caminho dos Calanques. É muito fácil de localizar a bilheteria para a compra de bilhetes, uma vez que o porto não é grande. Chegando lá, vimos que só tinha a opção de conhecer 3 calanques – passeio que dura entre 45 min e 1 hora – por conta do mar agitado do dia.

Normalmente pode-se escolher o passeio de 3, 6 ou até 9 calanques. Pode-se escolher fazer o passeio com barco particular ou com uma caravana. São muitas opções na verdade. Como nós éramos 6 optamos por um barco só para nós (que acabou sendo grande até demais haha).

Infelizmente o mar estava bem agitado, mas conseguimos aproveitar bastante. Os calanques em si me lembraram as falésias de Pipa, gigantes. A água cristalina nos deu muita vontade de sair nadando por ai, mas o capitão não deixou a gente se banhar por conta do mar.

Na verdade verdadeira o que estava nos meus planos (e ainda está) é fazer a trilha pelo Parque nacional dos calanques e acabar lá em cima em vez de conhecer os calanques por baixo. Muita gente fez isso e recomenda. Dá até pra tirar umas fotos maravilhosas, tipo essa aqui que eu peguei da https://www.thewanderinglens.com/hiking-calanque-den-vau-from-cassis-france/

calanques

Porto de Cassis

O Porto e a cidade em si são muito fofos. Restaurantes ao redor do porto são inúmeros e aquelas ruazinhas que vão pra dentro da cidade cheia de lojinhas locais. Passear por lá e passar o dia em Cassis foi um dos pontos altos da viagem, cooom certeza.

Cidadezinha

Gente, a cidade é toda charmosa mesmo mesmo mesmo.

3- St Tropez

Começamos a explorar a famosa e badalada St Tropez com a sua praia mais famosa Pampellone Beach tão frequentada pela celebridade Brigitte Bardot (que também amava nossa cidade queridinha Búzios, no RJ) – essa aí sabia curtir a vida!

Praia Pampellone

Mesmo em Maio o calor já dá o ar da graça e dá pra curtir uma prainha. Confesso que a água estava um pouco mais gelada do que eu gosto mas deu pra dar um tibum mesmo assim. A cor da água é clarinha e muito limpa, uma delícia.

Club 55

Além de uma praia lindíssima, como estamos falando de Saint Tropez, não podiam faltar os bares e restaurantes à beira do mar, não é? Nós escolhemos ficar no Club 55, um dos mais famosos e também frequentado pela nossa amiga Brigitte. E não nos arrependemos!

Pertinho da praia, ambiente super agradável, cardápio variado e bebidas em geral muito boas. Escolhemos ficar só nos petiscos mesmo, já que o plano era almoçar no centro depois, mas o tempo que ficamos lá valeu muito a pena.

Porto de St Tropez

Curtido um pouco a praia, vamos para o centrinho (tudo de carro, viu? e não tivemos problema em estacionar, uma vez que tinha um estacionamento ao céu aberto bem no centro) para explorar mais ainda St. Tropez.

Se no Club 55 eu já pude sentir o clima da riqueza, uma vez que eu passeei pelo porto de St Tropez e pude ver de pertinho todos aqueles iates maravilhosos ai sim eu tive a certeza de que estava no glamour da cidade. Cada iate mais lindo que o outro que quase não me aguentei de tanta curiosidade para entrar em um e ver como é por dentro. Mas consegui me segurar! hahah

A cidade

A cidade em si é puro glamour mas com aquele toque européio com suas ruazinhas estreitas que dá vontade de explorar mais e mais. Passeei pela Vieille Ville, a Citadelle, o Vieux-Port, Place des Lices e me joguei pela cidade.

Restaurante L’Opera – O cardápio

Finalmente chegou umas das horas mais importantes em uma viagem pela França: a hora de escolher onde e o que comer. Afinal, comer bem durante a viagem faz toda a diferença! E por isso eu super recomendo o restaurante L´Opera que nós fomos. Primeiro que fica muito bem localizado, bem no porto mesmo e segundo que o ambiente é muito gostoso e tem uma pegada noitada que nós adoramos.

Durante o jantar tiveram vários shows de canto e de dança para a “platéia”: coreografias ensaiadas com dançarinas fantasiadas e até show de poll dance. O lugar perfeito para jantar e curtir a noite. Confesso que o estilo do restaurante pode não agradar a todos os gostos por ter essa pegada mais moderna e baladeira, mas estando em St Tropez tudo vale!

O jantar

O jantar em si foi maravilhoso! Os peixes estavam uma deliiiicia e como pode-se ver no cardápio acima tem-se muitas opções boas.

Terminamos o dia em St Tropez com chave de ouro e fomos dormir em Nice para continuar com o resto da viagem.

Mostrando no mapa o que fizemos até agora:

mapa parte 1

E vamos partir pra Nice -> Côte d’Azur – Riviera Francesa – Parte 2

Beijinhos!!

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s