Como viajar na Europa durante a pandemia

Oi pessoal, tudo bom?

Achei interessante contar um pouco de como é viajar durante a pandemia do coronavírus e compartilhar minha experiência relativa à minhas viagens recentes pela Europa.

Para onde posso viajar?

Atualmente estou vivendo em Bruxelas, na Bélgica, e um site que eu acompanho bastante é o https://diplomatie.belgium.be/en onde podemos ver a lista atualizada de cada zona de países verde, laranja ou vermelha. Como tudo muda muito rápido tenho sempre que estar atenta nas últimas atualizações e medidas aplicadas a cada país.

Por exemplo, hoje dia 25 de agosto de 2020 as autoridades consideram os seguintes países abaixo como “zona verde”: Austria, Republica Tcheca, Croacia, França, Hungária, Itália e Vaticano, Polonia, Portugal, Sao Marino, Slovakia e Espanha. Em outras palavras esses são países considerados “tranquilos” de se viajar por conta de números de casos atuais abaixo da média e entre outros fatores.

https://diplomatie.belgium.be/en

Existem também países considerados dentro da “zona laranja”, onde viajar é possível porém seguindo certas medidas como quarentena antes ou depois, teste negativo mandatório ao entrar no país de destino ou até ambos. Novamente, o exemplo da tabela a seguir também atualizada em 25 de agosto de 2020:

E ainda países que se encontram na “zona vermelha” que devemos evitar ao máximo de visitar, a não ser que o motivo de visita seja essencial. O que as autoridades consideram como essencial é bastante relativo… Pode ser algo relacionado à saúde de um ente querido, ou até então relacionado a certos trabalhos. Mas a aprovação da viagem deve ser feita pelos órgãos locais por meio de documentação necessária.

Países da zona vermelha atualizados no dia 25 de agosto de 2020 são:

https://diplomatie.belgium.be/en

Países não mencionados na tabela estão restritos a não ser que sejam viagens essenciais.

Além do site oficial da Bélgica, é importante ficar de olho nas últimas notícias da União Europeia em geral, como por exemplo quais são os países fora da UE que podem entrar na Europa sem restrições, como por exemplo a lista publicada pelo site oficial da UE no dia 7 de Agosto de 2020:

  • Australia
  • Canada
  • Georgia
  • Japao
  • Nova Zelandia
  • Rwanda
  • Coreia do Sul
  • Thailandia
  • Tunisia
  • Uruguai

Fonte: https://www.consilium.europa.eu/en/press/press-releases/2020/08/07/lifting-of-travel-restrictions-council-reviews-the-list-of-third-countries/

Infelizmente podemos ver que o nosso Brasil não esta mencionado em nenhuma lista por enquanto, e que restrições e impedimento da viagem por conta do coronavírus pode ser aplicado. O que complica viagens Europa -> Brasil e também Brasil -> Europa.

Formulários a serem preenchidos

Além disso, todos os residentes da Bélgica que passarem mais de 48 horas fora do país devem obrigatoriamente preencher o PLF (Passenger Locator Form), mais informações em https://diplomatie.belgium.be/en/services/travel_to_belgium.

É fácil de preencher, eles vão pedir o numero de voo, assento, em qual regiao você estava visitando, numero de passaporte e identidade etc. Depois eles mandam um numero de confirmação para o seu celular e pronto acabou. Levei em torno de 10 minutos para preencher o formulário todo.

Um outro site que pode ser utilizado para verificar as guidelines de outros países na hora de viajar é o Re-open EU https://reopen.europa.eu/en/map/BEL. Se por exemplo eu escolher Grécia como meu próximo destino, o site me mostra qual é a atual situação daquele país em termos de restrições e se eu preciso de algum teste, formulário, quarentena e etc:

Nesse caso pode-se ver que teste de covid feito em menos de 72 horas + PLF é necessário para entrada no país

Outras precauções

Além disso hoje em dia é obrigatório andar de máscara por toda a Bélgica, dentro dos aeroportos e altamente recomendável em qualquer tipo de lugar fechado independente de qual país você esta viajando.

Manter a distância de 1,5m também é super importante e os aeroportos e estabelecimentos locais já estão com faixas no chão para regular qualquer fila e aglomeração.

Por experiência própria infelizmente existem pessoas que não respeitam a sinalização de 1,5m de afastamento e muitas vezes tive que mandar chegarem para trás pois estavam muito perto de mim =D Não que eu seja uma pessoa muito reclamona, pelo contrário, mas muitas pessoas ficam de olho no celular e esquecem de manterem distância…

Ah importante! Alcool gel na bolsa é sempre uma boa ideia para não precisar depender do alcool gel dos estabelecimentos (restaurantes, lojas, museus e etc).

Hotéis

Nos dois últimos hotéis em que estive todos eles me passaram uma certa confiança em relação à limpeza dos quartos, mesas e etc em geral.

No café da manhã em Rudenshein am Rhein eles até nos proporcionaram luvas descartaveis para nos servirmos. Em outros locais eles servem o café da manhã na mesa para que você não precise levantar.

Fique de olho nas reviews do booking.com ou Trip Advisor para saber se o estabelecimento esta agindo de acordo com as orientações da OMS ou não, eu acho isso super importante e super levo isso em consideração!

Además eu acho que viajar com consciência durante esse período incerto é o mais importante. Faça sua parte e de preferência escolha lugares mais seguros e com menos aglomeração para passar suas férias aqui na Europa, como por exemplo na praia ou em uma cabine no meio da floresta quem sabe =)

Qualquer dúvida estamos a disposição, fale conosco por aqui com no nosso instagram!

Beijinhos,

Paulinha


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.