Roteiro Lisboa 2 dias

Oi pessoal!

Estamos de volta para escrever sobre um final de semana prolongado que viajamos para Lisboa, uma das nossas cidades preferidas pela Europa 🥰

Voamos de Ryanair de Bruxelas até Lisboa, que acabou fazendo um voo de emergência em Bordeaux (França) por conta de um vazamento de combustível (sim… muito medo!!) e fez com que o percurso durasse 4 horas a mais do que previsto. Mas normalmente são 2:30 de voo somente.  

Já havíamos viajado para Lisboa em 2014, quando ficamos 2 semanas passeando por Portugal (veja https://irmasporai.com/2018/10/08/12-dias-em-portugal/), e sempre me senti muito bem por essas terras portuguesas.

Ainda mais agora que voltei com um querido casal de amigos portugueses, que montaram um roteiro incrível com passeios imperdíveis, que agora compartilho com vocês:

O Roteiro

Dia 1

Café da manhã no café Choupana

Passear da zona da praça de Espanha até a zona do Saldanha  

Almoçar no restaurante Ramiro

Passeio de tuk tuk

Jantar no restaurante Zé da Mouraria

Dia 2

Manhã livre passeando por Belém

Almoço no restaurante Darwin 

Passear pelo Bairro Alto, parar no miradouro  do Adamastor

Rooftop drinks no Park

Fado e jantar na Tasca do Chico


Contando um pouquinho mais em detalhes sobre as dicas:

✅ Tomar café da manhã (pequeno-almoço para os tugas) no Choupana café 

Esse café tem uma atmosfera incrível e conta com todas as gostosuras possíveis: croissants de Kinder Bueno, tostas mistas super crocantes, sucos naturais das frutas… tudo o que alguém precisa para começar o dia bem!

✅ Passear de tuk-tuk pela cidade

Esse passeio é um MUST!

A cidade de Lisboa também é conhecida como 7 colinas, por ser cheia dos altos e baixos. E não tem nada mais confortável e divertido do que fechar um passeio de tuk tuk e deixar o guia te levar a todos os lugares, tanto turísticos quanto aos mais locais.

Além de ser um passeio ao ar livre, onde você não se desconecta da cidade nem por um segundo, o tuk-tuk consegue entrar nas ruas mais estreitas que a maioria dos transportes públicos não consegue. Sem contar que o guia vai te contando a história e várias curiosidades que só quem mora lá conhece! 🙂

Fechamos o passeio com o @tukonme e super recomendo!!! Foi o ponto alto da nossa viagem, com certeza. Além de nos levar aos melhores lugares, o conteúdo e história que nós aprendemos durante o passeio foi inesquecível.

Mais informações dos passeios que eles oferecem em https://www.tukonme.pt/

✅ Comer mariscos no restaurante Ramiro

Você gosta de frutos do mar?
De um serviço impecável?
De uma cervejinha gelada (a famosa “imperial” pelos tugas) sempre disponível?

Então você vai AMAR o Ramiro, localizado na Rua Av. Alm. Reis 1 (15 min a pé do Elevador de Santa Justa)

Confesso que comecei a gostar da famosa “mariscada” recentemente, mas já virou um dos meus pratos preferidos (influência dos portugueses na minha vida 🤣)

Conta para 4 pessoas, com inúmeras cervejinhas (a gente literalmente perdeu a conta hehe), com 4 pratos de mariscos diferentes (sapateira, percebes, ameijoas à bulhão pato e camarão a guilho), 2 prego (bife com pão) para dividir (eles chamam isso de sobremesa haha) deu tudo 150 euros (37,5 por pessoa) 

✅ Conhecer os melhores miradouros/mirantes de Lisboa 

Não sei vocês, mas eu sou apaixonada em ver cidades de cima e fazer referências a bairros que já visitei 🙂

Conhecemos o Miradouro das Portas do Sol, em Alfama (fomos de tuk-tuk), o Miradouro do Adamastor, no Bairro Alto e o Miradouro da Senhora do Monte (esse último sendo o meu preferido).

Situado no Monte de São Gens, na região da Graça, o Miradouro da Senhora do Monte fica na frente da Capela da Senhora do Monte que foi fundada em 1147 e consagrada a São Gens.

A Capela da Senhora do Monte também é famosa pela Cadeira de São Gens, uma cadeira esculpida em pedra datada do século IV d.C, que segundo a tradição toda mulher grávida que sentar na cadeira assegura-se um bom parto. 

Essa tradição está ligada à mãe de Gens, pregador medieval e um dos primeiros bispos de Lisboa, que morreu durante o seu parto.

✅ Drinks no rooftop Park no bairro alto

Nada melhor do que ver o pôr do sol e relaxar tomando uns drinks em um dos rooftops mais famosos do Bairro Alto. No dia em que fomos, esperamos uns 20 minutos para entrar na fila. Mas super valeu a pena 🙂

✅ Almoçar no restaurante Darwin

Localizado perto da Torre do Belém (no bairro da Ajuda), o restaurante Darwin é longe de ser um restaurante turístico e se não fosse pela dica dos meus amigos portgueses eu nunca o teria conhecido.

Então bota aí na sua lista! Esse restaurante pode ser considerado um dos melhores restaurantes na cidade 😀 

Pedi o pato acompanhado com risotto de laranja e foi coisa de outro mundo! 
Experimentei o risotto de polvo e camarão e fiquei até na dúvida qual prato era melhor 🤣
Provei o plumas de porco preto com migas de brócolis  e purê de maçã assada também achei impecável.

Sem contar que o clima, o serviço e a vista fazem desse restaurante uma experiência culinária inesquecível.

A conta para 4 pessoas, com vinho branco Cartuxa, couvert, sobremesa de creme brûlée de abacaxi, 4 pratos principais e cafezinho deu 128 euros (32 euros por pessoa). 

✅ Comer os famosos pastéis de Belém e de Nata

Os pastéis de Belém nada mais são do que os pastéis de nata feitos em Belém, desde 1837,  cheios de história e tradição 🥰 

Já sobre os pastéis de nata, eu escutei de diferentes portugueses e brasileiros que moram/ já moraram em Lisboa, que os melhores são da loja Manteigaria, no bairro alto.

Eu provei os 2 no mesmo dia e recomendo que vocês façam o mesmo(nada de dieta em Lisboa, viu?!)

 

Depois conta pra gente qual que você preferiu!

✅ Escutar ao famoso fado português 

O bairro da Alfama é o bairro mais famoso para se escutar um fado profissional. Recomendo passear pelo bairro durante o dia, passar em frente aos restaurantes e escolher um para fazer uma reserva para mais tarde ️:)

A primeira vez que escutei fado foi no bairro da Alfama, na Adega dos Fadistas (também super recomendo), mas dessa vez fizemos diferente e fomos conhecer a tão conhecida Tasca do Chico no bairro alto, que tem o chamado fado vadio.

São vários fadistas cantando uma ou duas diferentes músicas por vez, trazendo um ar mais informal, onde a plateia pode até cantar junto!

O local é todo temático, cheio de fotos com celebridades (muitas delas brasileiras até!) e com um menu bem português. 

Paga-se 10 euros pra entrar, que é convertido em consumação. 

Comemos caldo verde, chouriço, pastéis de bacalhau e um vinho tinto português.

Melhor que isso, só 2 disso!

Acho que Lisboa é uma cidade que nunca cansa, quanto mais você visita, mais você quer voltar!



Mil beijinhos,
Paulinha


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.